Feira e-cêntrica: desenho de Marcelo Henrique

Sun7 Cultural reúne mais de 30 iniciativas da economia criativa de Goiânia e Brasília

Feira e-cêntrica de publicações independentes, Sarau das Minas, oficina de escrita criativa, Passa o Rodo (serigrafia), DJ Monike Goyana estão entre as atrações do Sun7 Cultural, no próximo sábado, entre 16h e 22h, com entrada franca. Promovido pelo Hostel 7, com apoio da Nega Lilu Editora, o evento é dedicado à fomentar a economia criativa da capital e fortalecer a produção gráfica e literária independentes.

Em sua segunda edição, o Sun7 Cultural reúne mais de 30 iniciativas criativas e colaborativas, atuantes em Goiás e em Brasília, identificadas com as “novas economias”, que se alastram pelo mundo. A ideia é fomentar a circulação de produção de qualidade, com valor agregado pela exclusividade, pela pequena escala, pelo acabamento artesanal. “De forma ampliada, uma das missões do Hostel 7 é sempre difundir a cultura do lugar”, comenta um dos sócios proprietários, Alfredo Moreira.

No sábado, a feira e-cêntrica, que é um projeto da Nega Lilu Editora, realiza lançamentos de seis autoras independentes, dentre eles, o livro ilustrado pelas brasilienses Luda Lima e escrito por Mariana Carpanezzi, Porque tudo começa do mesmo lugar (Supernova). Também do DF, a poeta Mariana Mara lança dois flipbooks: Vinho e OUT-ISTA, em parceria com o selo Camelô Camelo. Entre as autoras goianas, a e-cêntrica apresenta as zines inéditas de Sophia Pinheiro: ron ron e Conchinhas e a estreante Julia Mundim Fleming, de 10 anos, com a publicação Diálogos tristes como um peixe no aquário. A escritora Larissa Mundim também traz a público o seu quarto livro, faz rs, publicado pela Nega Lilu Editora.

Luda Lima e escrito por Mariana Carpanezzi, autoras do livro ilustrado "Porque tudo começa do mesmo lugar" (Supernova)

Luda Lima e escrito por Mariana Carpanezzi, autoras do livro ilustrado “Porque tudo começa do mesmo lugar” (Supernova)

 

Também são expositores da feira-ecêntrica a Caminhos Editora e Livraria, que tem acervo de literatura contemporânea de autores brasileiros. As histórias em quadrinho estão representadas pelo Selo Aerolito, de Brasília. A mais recente produção de zines goianos tem presença marcante com Beatriz Perini, Rodolfo Brasil, Renan Moura, Buenas e Santa Brígida, que também comercializa desenho autoral inspirado na fauna e flora do Cerrado.

Santa Brígida: zines e desenhos da fauna e flora cerratense

Santa Brígida: zines e desenhos da fauna e flora cerratense

As artes visuais ganham espaço com a presença de Marlan Cotrim, um especialista em desenho com costura. Também chamam a atenção as ilustrações de estilo inconfundível do artista Marcelo Henrique, com impressão em formatos diversos. Bottons, estandartes e peças de tecido são o suporte para a mensagem feminista do Capitonê Brechó.

A fotografia autoral está contemplada no trabalho de Lu Barcelos (Chocolate Fotografias), que também expõe produtos da Bacanuda, cadernetas com capas fotográficas e acabamento especial. Com o projeto Passa o Rodo, o designer João Paulo Alves fará impressões serigráficas de ilustrações da artista Sophia Pinheiro para o livro faz rs, para quem trouxer de casa camisetas, bolsas, papel ou madeira.

Chocolate Fotografias: prints em fine art do trabalho autoral de Lu Barcelos

Chocolate Fotografias: prints em fine art do trabalho autoral de Lu Barcelos

 

A loja Som Livre Discos monta estande de vendas também, durante o Sun7 Cultural: LPs, fitas K7e VHS para compra, venda e troca. E ao longo da tarde, a DJ Monike Goyana toca no vinil música para embalar as compras, os encontros regados à Chopp Colombina, acompanhado das pizzas da Artesano e farta mesa de docinhos da Delícias que adoçam.

 

Literatura

O lançamento do livro faz rs, de Larissa Mundim, durante o Sun7 Cultual é o fio condutor para a realização de outras duas atividades conectadas à leitura. Entre 17h30 e 19h, o Coletivo e/ou conduz oficina de escrita criativa gratuita com 10 vagas, que serão preenchidas no local. Cada participante leva de presente o livro As dores de Josefa ou Os olhos do bilheteiro, antologias que reúnem novas autoras e autores goianos. Entre eles, Leonardo Teixeira, Manuela Costa e Rico Lopes, responsáveis pela condução das atividades da oficina.

Sarau das Minas: Carol Schmid (fot

Sarau das Minas: Carol Schmid (fot

Programado para as 19 horas, o Sarau das Minas inicia atividades, sob coordenação da atriz Carol Schmid. A proposta é promover encontros para a declamação de textos escritos por mulheres. Nesta primeira edição, o lugar de fala será compartilhado por Carol Schmid com as poetas Pilar Bu (RJ), Marina Mara (DF) e palco aberto.

 

SERVIÇO

Sun7 Cultural: Pool party, feira e-cêntrica de publicações independentes, Sarau das Minas, oficina de escrita criativa, Passa o Rodo, DJ Monike Goyana, pizza, docinhos e bar.

Data: 3 dez 2016 (sábado) – 16h às 22h

Local: Hostel 7 Goiânia (Avenida T-2, Qd. 107, Lt.4 – Setor Bueno)

Entrada franca, com doação de brinquedo e/ou 1kg de alimento não perecível

 

Mais info: https://www.facebook.com/events/343431036021203/

Comentar

Comentários (0)

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será revelado. Os campos obrigatórios estão marcados com *