Comissão de Seleção divulga resultados em 30 de janeiro. Foto: Larissa Mundim

Coleção e/ou recebe mais de 300 textos literários para seleção

A Nega Lilu Editora divulga, no dia 30 de janeiro, a lista de classificados no processo seletivo para publicação das antologias da Coleção e/ou, realizado por meio de edital. Com apoio da Casa da Cultura Digital, a iniciativa busca incentivar novas autoras e novos autores goianos à publicação literária, em poesia e prosa.

De acordo com o balanço divulgado pela Comissão de Seleção, entre 17 de outubro de 2016 e 17 de janeiro de 2017, o edital teve 323 textos inscritos, por 124 autores e autoras de 14 municípios do Estado de Goiás. Também concorrem goianos residentes nos estados de São Paulo, Mato Grosso, Ceará e no Distrito Federal. Goiânia é a cidade que apresenta maior número de concorrentes.

Entre as pessoas inscritas, 56% são homens e 44%, mulheres. A faixa etária predominante varia entre 20 e 28 anos, um público que é estudante ou recém-ingresso no mercado de trabalho. Como ocorreu no edital de 2014, que originou conteúdo para a publicação do volume 1 da Coleção e/ou, a poesia tem um volume maior de textos inscritos.

“Percebemos que o poema representa, a despeito de sua complexidade, uma possibilidade de começo para quem deseja escrever, mas também reconhecemos que a poesia vem sendo bastante difundida, entre os jovens, por meio de saraus”, comenta a diretora da Nega Lilu Editora, Larissa Mundim, que integra a Comissão de Seleção. Os outros responsáveis pelo processo seletivo são o poeta e compositor, Carlos Brandão, o professor e doutorando em literatura, Wigvan Pereira, e a revisora e editora, Daniela Marcacini.

 

Reunião geral

As autoras e autores que vão integrar o Coletivo e/ou terão sua primeira reunião geral no dia 13 de fevereiro, quando assinam o termo de parceria com a Nega Lilu Editora. Entre os pontos mais importantes do documento, Larissa Mundim destaca o programa permanente de qualificação dos autores e autoras, bem como a forma de financiamento das duas antologias a serem publicadas pelo Selo Naduk.

De acordo com o edital, o lançamento está condicionado à captação de recursos financeiros. “Temos um processo democratizado de seleção, com critérios bem definidos, Comissão de Seleção legítima, divulgação ampliada pela imprensa. A realização de um trabalho qualificado, de ponta a ponta, nos oferece boas condições de aprovação deste projeto junto aos mecanismos de incentivo à Cultura, como ocorreu no volume 1 de prosa e poesia”, lembra ela.

 

 

 

 

 

Comentar

Comentários (0)

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será revelado. Os campos obrigatórios estão marcados com *