Identidade visual da Plana − Festival Internacional de Publicações de São Paulo

Nega Lilu Editora leva autores goianos para a Plana

A Nega Lilu Editora e o coletivo Espaice Gals representam Goiás na Plana − Festival Internacional de Publicações de São Paulo, entre 16 e 19 de março de 2017, no prédio da Bienal, no Parque Ibirapuera. “Fim do Mundo” é o tema da quinta edição da maior feira de publicações independentes da América Latina. Confira a lista completa de expositores: http://feiraplana.org/expositores

Os 150 expositores, entre editoras, selos e coletivos, foram selecionados por meio de curadoria, que tem a coordenação da jornalista e idealizadora do projeto, Bia Bittencourt. Segundo a organização do evento, com o status de festival a antiga Feira Plana avança para além das bordas do estímulo à cultura gráfica. Este ano, a proposta é “também inspirar ideias políticas e sociais por meio de debates, oficinas e palestras que ocuparão todo o térreo e mezanino do icônico Pavilhão Ciccillo Matarazzo”.

Outro espaço de extensão da feira, que vinha ocupando o Museu da Imagem e Som (MIS-SP) até o ano passado, é a Casa Plana, empreendimento que estimula a auto-publicação. Criada em 2016 com apoio de financiamento coletivo (crowdfunding), a Casa Plana sedia atividades formativas e conta com acervo aberto ao público de livros independentes, além de promover exposições multidisciplinares. Segundo Bia Bittencourt, o novo espaço almeja ser “uma referência e ponto de encontro de artistas, designers e editores de diversas gerações, e principalmente de estudantes”.

Networking

O primeiro contato da Nega Lilu Editora com a Feira Plana ocorreu em novembro de 2015, durante o Fake Fake Ilustraciones 6, numa rápida conversa entre a escritora Larissa Mundim e Bia Bittencourt. A pauta era a apresentação de portfólio, mas o assunto escorreu para uma das questões mais críticas do mercado gráfico e literário: a distribuição. “Naquela ocasião, tive a oportunidade de apresentar a ela a e-cêntrica, uma iniciativa que busca alternativas de circulação da produção gráfica e literária de todo o Brasil,” lembra Larissa.

Em janeiro do ano seguinte, a editora visitou a quinta edição da Feira Plana, em São Paulo, ampliando sua rede de contatos com autores e pequenas editoras em todo o Brasil. “Estamos muito felizes. Expor na Plana era um objetivo claro para a Nega Lilu Editora, oportunidade ímpar de fazer circular a literatura feita em Goiás”, comenta. Além de seus quatro livros publicados pela Nega Lilu Editora, Larissa Mundim leva consigo o trabalho das escritoras Cássia Fernandes, Dairan Lima e Carol Schmid, da ilustradora Sophia Pinheiro, do quadrinista Emerson Rodrigues e de quase 40 novos autores e autoras publicados em antologias da Coleção e/ou.

Comentar

Comentários (0)

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será revelado. Os campos obrigatórios estão marcados com *