Roda de conversa na Biblioteca Braille encerra a primeira agenda de difusão do livro "Sobre gostar menos"

Biblioteca Braille de Goiânia recebe novos poetas para bate-papo na quinta-feira

O encontro entre novos poetas publicados pela Coleção e/ou e o público frequentador da Biblioteca Braille de Goiânia deve resultar em troca de experiências sobre poesia e acessibilidade. O bate-papo que está marcado para o dia 30 de janeiro (quinta), às 15 horas, no Centro Cultural Marietta Telles, na Praça Cívica, integra a agenda difusora da antologia poética “Sobre gostar menos”, publicada pela NegaLilu Editora (Selo Naduk), com apoio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

A programação de atividades gratuitas que busca aproximar novos poetas goianos de seu público leitor se iniciou na semana passada, com duas oficinas na Livraria Palavrear e uma roda de conversa nO Jardim, espaço dedicado à Literatura, que fica no Evoé Café. Os encontros pretendem estimular o compartilhamento de processos criativos, experiências de estudo e pesquisa, leituras que possam levar à qualificação da escrita poética. “Esta programação também vai interessar quem é autora ou autor inédito e deseja encontrar os caminhos para a publicação”, comenta a diretora da NegaLilu, Larissa Mundim.

Segundo ela, a NegaLilu Editora se interessa por processos criativos e produtivos que contemplem diversidade, inclusão e acessibilidade para todos e para todas. Larissa Mundim lembra que a parceria com a Biblioteca Braille surgiu em 2016 e tem resultado em muito aprendizado: “O contato com leitores cegos e de baixa visão expandiu nosso horizonte e ampliou nossa compreensão sobre a convivência com as diferenças, possibilitando trocas muito ricas. Agora queremos que os novos poetas da Coleção e/ou também compreendam isso”, ressalta ela.

Novos goianos

Sobre gostar menos é o segundo volume da antologia poética da Coleção e/ou. Lançado em dezembro de 2019, o livro traz 31 novos poetas goianos ou residentes em Goiás e três convidados. A maioria publica pela primeira vez. Autores e autoras foram selecionados por meio de edital da NegaLilu Editora, que estará novamente aberto em fevereiro deste ano.

Para a NegaLilu, a Coleção e/ou é mais do que um projeto de estímulo à escrita e à publicação de novos autores na poesia e na prosa. De acordo com Larissa Mundim, este é também um trabalho de mapeamento da nova geração da literatura em Goiás. O volume 1 veio a público em 2016 com Os olhos do bilheteiro (poesia) e As dores de Josefa (prosa), livros que podem ser encontrados nas livrarias de Goiânia e na loja online da editora. O volume 2 de prosa tem lançamento marcado para 19 de fevereiro, no Evoé Café, com o título O olhar inaudível.

Comentar

Comentários (0)

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será revelado. Os campos obrigatórios estão marcados com *