A feira e-cêntrica 2020 volta a ocupar a Vila Cultural Cora Coralina, em 7 e 8 de março.

Feira e-cêntrica recebe inscrições para expositores até 7 de fevereiro

A terceira edição da feira e-cêntrica de publicações independentes abre inscrições para 100 expositores em 2020. Até o dia 7 de fevereiro, publicadores de todo o Brasil podem se candidatar a uma vaga para a exposição de livros especiais, zines e artes gráficas. Programada para 7 e 8 de março, na Vila Cultural Cora Coralina, em Goiânia, a feira e-cêntrica é realizada pela NegaLilu Editora e pela Casa da Cultura Digital e conta com o apoio do Fundo de Arte e Cultura e da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.  

Editoras independentes, selos literários, coletivos criativos, ilustradores, designers e artistas gráficos interessados em participar da e-cêntrica podem se inscrever AQUI. Para esta edição da feira, não haverá cobrança de taxa de inscrição.

“O nosso desafio é ampliar a representatividade dos expositores, que já é crescente deste a edição passada, consolidando a e-cêntrica como feira nacional”, comenta a coordenadora e curadora, Larissa Mundim. A primeira edição foi realizada com 64 expositores e a segunda com 80 publicadores de seis estados.

Segundo ela, os participantes da feira podem compreender a e-cêntrica como uma ação de apoio à inovação do mercado editorial. “Mais do que uma estratégia de circulação da produção gráfica-literária independente, buscamos realizar um evento que fortalece agentes sub-representados, repensa modos de produção, discute o redimensionamento dos papéis estratégicos na cadeia produtiva do livro e estimula a leitura”, ressalta a coordenadora.

Além da exposição e venda de livros especiais, zines e artes gráficas, a feira prevê programação formativa com oficinas, rodas de conversa e minicursos, lançamentos literários e exposições de arte. As inscrições para estas atividades estarão abertas em 9 de fevereiro, quando a programação completa será divulgada pela NegaLilu Editora e pela Casa da Cultura Digital. Em 2020, a e-cêntrica integra a programação do Projeto Madalena Caramuru.

Comentar

Comentários (0)

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será revelado. Os campos obrigatórios estão marcados com *