Fotos: Verônica Campos

Espetáculo de dança “Nega Lilu” reestreia com Nila Branco interpretando trilha sonora

A Nalini cia de Dança remonta, pela terceira vez, o espetáculo “Nega Lilu”, coreografado por Valeska Gonçalves. Dez anos após sua estreia, a dança inspirada na literatura mantém atualidade na expressão das relações afetivas no nosso tempo. Com novo elenco e trilha sonora interpretada por Nila Branco e banda, o lançamento com performance e bate-papo está marcado para 21 de março, às 19 horas, no canal Nega Lilu (Youtube e Facebook), com apoio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

Nega e Lilu agora ganham materialidade nos corpos das bailarinas Gabriela Leite e Isabel Mamede. Adaptado para exibição na web, o duo contemporâneo teve o aspecto gestual da coreografia favorecido. Com mudanças realizadas na dramaturgia, o registro audiovisual da performance com edição dos detalhes permite ao público “chegar mais perto” das intérpretes, nesta versão do espetáculo.

 

A narrativa que envolve as personagens em cena é adaptada do livro “Sem Palavras”, escrito por Larissa Mundim e Valentina Prado, publicado pela NegaLilu Editora em 2013. Uma história de amor entre duas mulheres, delineada por intensidade, urgência e reticências. Valeska Gonçalves manteve contato com o texto em 2011 e, revisitando o espetáculo em suas duas montagens anteriores, conta que percebeu mudanças importantes em seu trabalho como coreógrafa. “Os solos eram improvisados e agora houve maior direção, mas a personalidade de cada personagem se manteve”, comenta ela.

Desta vez, a coreógrafa e diretora artística da Nalini cia de Dança pode dedicar mais tempo à pesquisa e, segundo ela, mesmo com as limitações impostas ao trabalho pela pandemia as bailarinas se apropriaram rapidamente da movimentação. Os ensaios gerais foram apenas dois e a gravação feita pela Sete Produtora foi realizado em dois dias seguidos, no Teatro SESC Centro. O resultado é um espetáculo com mais sentimento presente e ganho de intimidade. “A essência do conteúdo e da forma foram preservados”, garante ela.

 

Trilha sonora

Outro destaque da remontagem é a parte musical. Enquanto Gabriela Leite e Isabel Mamede iam se transformando em Nega e Lilu, em outro studio a cantora Nila Branco ensaiava a trilha sonora com a banda formada por Nonato Mendes (baixo), Jader Steter (bateria) e Front Jr (guitarra/violão), que assina a direção musical.  “Quando assistiu ao espetáculo pela primeira vez, já me imaginei cantando a trilha sonora, que é muito eclética e tem a ver com características da minha trajetória como intérprete e compositora”, revela Nila Branco.

Um dos pontos fortes de “Nega Lilu”, de acordo com o público que já conhece o espetáculo, é a escolha das canções que embalam a relação em cena, passando por Depeche Mode, Mart’nália, Orlando Silva, The Supremes. Assim, a trilha sonora atravessa o território musical do pop, do samba, do blues também, incluindo marcantes vozes masculinas.

“Voltei um pouco no tempo, numa época em que eu me lançava e encarava canções de diversos estilos. Uma meta para mim neste trabalho foi fazer com que artistas maravilhosos não se decepcionassem se estivesse me ouvindo”, diz Nila, que interpreta o clássico Ain’t no Sunshine de Bill Withers no espetáculo. Segundo ela, os maiores desafios do trabalho musical foram ajustar a sintonia entre o canto e o movimento coreografado, além de simplificar o arranjo das músicas sem perda significativa para a trilha sonora.

A coexistência harmoniosa entre música e dança no palco evidencia o trabalho feito por Henrique Rodovalho na criação da iluminação, executada por Sérgio Galvão. O aspecto intimista que acompanha o espetáculo desde a sua estreia é mantido pelas luminárias de chão e teto, que criam ambiência para a construção da relação entre Nega e Lilu. Rodovalho também participa da concepção do cenário, em parceria com Valeska Gonçalves, também idealizadora do figurino.

Os bastidores da montagem vão ser compartilhados com o público por Valeska, Nila e as bailarinas, em um bate-papo logo após a estreia, também nos canais da Nega Lilu, no Facebook e no Youtube.

 

SERVIÇO

Estreia: espetáculo “Nega Lilu” e bate-papo

21 de março 2021 – 19 horas

Canal de transmissão: Nega Lilu (Facebook e Youtube)

 

 

FICHA TÉCNICA

 

Direção cênica/coreografia: Valeska Gonçalves

Bailarinas: Gabriela Leite e Isabel Mamede

Figurino bailarinas:  Valeska Gonçalves

Cenário: Henrique Rodovalho e Valeska Gonçalves

Concepção de luz: Henrique Rodovalho e Sergio Galvão

 

Vocal: Nila Branco

Guitarra e violões: Front Jr

Bateria: Jader Steter

Contrabaixo: Nonato Mendes

Direção musical: Front Jr

 

Técnico de luz: Sergio Galvão

Designer gráfico: Karem Sartorato

Elaboração/produção cultural: Malu da Cunha

Assessoria de imprensa: Larissa Mundim

Maquiagem Nila Branco: Whanessa Barbosa

Filmagem/edição/captação de áudio: Sete Produtora

Fotografia: Verônica Campos

Coordenação geral: Nila Branco e Valeska Gonçalves

 

Comentar

Comentários (0)

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será revelado. Os campos obrigatórios estão marcados com *