Livro de Cidinha da Silva abre rodas de leitura comentada da Livraria O Jardim

Exuzilhar, de Cidinha da Silva, é o livro escolhido para a primeira roda de leitura comentada da Residência Literária da Livraria O Jardim. Realizada pela negalilu editora, por meio da Lei Aldir Blanc – Secult GO, a atividade on-line gratuita será conduzida pela professora Izabel Lemos, no dia 30 de abril (sábado), às 16 horas, em sala virtual. As inscrições podem ser feitas pelo site www.negalilu.com.br .

As rodas de leitura comentada pertencem ao Eixo Leitura da Residência Literária, programa imersivo de formação, que também contempla os Eixos Escrita e Publicação, dedicados a residentes bolsistas selecionados por meio de edital. “Priorizamos a leitura de crônicas e contos publicados por editoras independentes e escritos por autoras e autores envolvidos no projeto, como instrutoras e instrutores”, conta a coordenadora da residência literária, Larissa Mundim.

Algumas das melhores crônicas de Cidinha da Silva podem ser lidas em Exuzilhar, publicado pela Kuanza Produções. As africanidades, a orixalidade, as tensões e diálogos entre tradição e contemporaneidade são os estímulos da escrita do livro. O título faz referência ao orixá Exu (Senhor dos Começos), por meio de um verbo-neologismo criado pela própria autora, em 2010.

Foto: Layza Vasconcelos

A escritora Cidinha da Silva publicou 17 livros distribuídos pelos gêneros crônica, conto, ensaio, dramaturgia e infantil/juvenil. Um Exu em Nova York, recebeu o Prêmio da Biblioteca Nacional em 2019, selecionado para o PNLD Literário 2021. Escreveu também  #Parem de nos matar!, Os nove pentes d’África (PNLD Literário 2020), Oh…margem! Reinventa os rios! (PNLD Literário 2021) e Africanidades e relações raciais: insumos para políticas públicas na área do livro, leitura, literatura e bibliotecas no Brasil, livro de referência na temática. Tem publicações em alemão, catalão, espanhol, francês, inglês e italiano.  É curadora e âncora do programa-web Almanaque Exuzilhar, do qual há 13 edições disponíveis no Youtube. Integrou o júri do Prêmio Jabuti 2020.

Programação

A segunda roda de leitura, marcada para 21 de maio, evidencia “Erva Brava”, livro composto por contos escritos por Paulliny Tort, publicados pela Fósforo. A publicação foi premiada pela APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte e traz 12 histórias curtas ocorridas em Buriti Pequeno, cidade fictícia, localizada em Goiás.

“Terra fresca da sua tumba”, de autoria de Giovanna Rivero, foi publicado pela Incompleta Editora, em colaboração com a Jandaíra. O ruído da terra estrangeira, o fantástico e o macabro emaranhados no cotidiano, a crueldade de que só a família é capaz. Tramas de vingança e reconciliação circundam o abismo da morte e do trauma, em uma prosa intrépida e sensível, que extrai do dia a dia uma beleza brutal. O encontro para a troca de impressões entre leitoras e leitores sobre os contos da escritora boliviana será em 25 de junho.

Para fechar as atividades do Eixo Leitura, a Residência Literária convida pessoas interessadas em literatura infantil ─ que dialoga com todas as idades ─ para a experiência de leitura do livro “Leila”, de Tino Freitas. Com ilustrações de Thais Beltrame, a história aborda a temática do abuso sexual com delicadeza, assertividade e mestria.

 

Serviço:

Rodas de Leitura Comentada_Encontro 1

30 de abril (sábado), às 16 horas

Sala virtual_ Atividade gratuita

Livro: Exuzilhar, de Cidinha da Silva (Kuanza Produções)

Inscrição: www.negalilu.com.br

 

Comentar

Comentários (0)

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será revelado. Os campos obrigatórios estão marcados com *