gynsualinda

A fotografia é, para Wellington Martins, a linguagem artística responsável pela redescoberta afetiva de Goiânia. Com a câmera do celular, primeiro ele registrou imagens no percurso entre casa e trabalho, trabalho e casa. Olhar desperto, revisitou o Centro da cidade, sobrepondo a memória de infância e a emoção do encontro com o presente. Foi durante a pandemia da Covid-19 que se deixou perder na paisagem da periferia. Neste período, sem a habitual ocupação de pessoas e carros, Goiânia se revelou para ele como é: linda.

Compre AQUI.

Comentar